17/01/2020

Estudo comprova que tratamento de verminose gastrointestinal clínica associado ao uso de produto com vitaminas A, D e E ajuda na recuperação de bovinos

Experimento realizado na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro demonstrou que animais tratados com Vigantol® ADE obtiveram maior ganho de peso.

Um dos principais desafios ao tratar a verminose clínica em bovinos é o tempo de recuperação do animal após o tratamento com anti-helmíntico. A perda de apetite permanece por um longo período de tempo, causando prejuízos aos produtores. Esse aspecto é um dos elementos cruciais na lenta recuperação do processo de perdas pelas quais o animal passou.

Estudo comprova que tratamento de verminose gastrointestinal clínica associado ao uso de produto com vitaminas A, D e E ajuda na recuperação de bovinos

Um estudo conduzido no Laboratório de Parasitologia Veterinária da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) mostrou que bovinos tratados com anti-helmíntico associado ao Vigantol® ADE (produto injetável com vitaminas A, D e E) tiveram uma recuperação mais rápida do apetite, o que resultou em ganho de peso com diferença significativa nos dias após o tratamento.

Foram avaliados 32 bovinos divididos em dois grupos, mantidos nas mesmas condições controladas durante todo o estudo. Após a confirmação da infecção com H. placei, C. punctata e O. radiatum, ambos grupos foram tratados com albendazol (5,0mg / Kg de peso corporal) e um dos grupos recebeu também o Vigantol® ADE. Foram avaliados parâmetros como peso dos animais, porcentagem individual de ingestão de silagem, hematócrito (para verificar se há anemia), presença de diarreia, de edema submandibular, consumo de água e OPG (contagem de ovos por grama de fezes).

O grupo que recebeu albendazol e Vigantol® ADE demonstrou uma recuperação mais rápida do apetite, o que resultou em ganho de peso com diferença significativa nos dias após o tratamento quando comparado ao grupo controle.

Em relação à média do consumo de silagem (%), houve um aumento de 9,1% para o grupo que recebeu Vigantol® ADE quando comparado ao outro grupo na avaliação feita 15 dias após o tratamento. A ingestão média do grupo com Vigantol® ADE foi de 85,29% e o grupo controle foi de 76,19%. Uma diferença no ganho de peso (média) de 6,69 kg por animal foi observada no grupo com Vigantol® ADE quando comparado ao grupo controle no mesmo período.

Importância das vitaminas

O Vigantol® ADE, composto vitamínico altamente concentrado em uma formulação especial, vem pronto para o uso injetável. Uma das vantagens do produto é a sua rápida absorção e disponibilidade das principais vitaminas para um melhor desenvolvimento e produção animal.

VITAMINA A

A vitamina A é essencial para o metabolismo nutricional dos mamíferos e tem importante função sobre o desenvolvimento dos animais. É ainda essencial para o crescimento ósseo e muscular. A carência de vitamina A causada por verminoses pode resultar em debilidade do sistema imunológico, o que prejudica a resposta do organismo às diversas infecções.

VITAMINA D3

A vitamina D3 (calciferol) tem importante função no metabolismo de Cálcio e Fósforo, aumentando a absorção do Cálcio e Fosfato da dieta. Também apresenta função imunomodulatória. A carência de vitamina D leva a distúrbios de mineralização da matriz óssea, causando raquitismo em animais jovens e hipocalcelmia em adultos.

VITAMINA E

A vitamina E possui importante ação antioxidante e atua na síntese de hormônios importantes para a reprodução, sendo um fator chave de sucesso em programas reprodutivos. A carência de vitamina E também pode causar distúrbios musculares, reprodutivos e, adicionalmente, em animais de produção, a hipovitaminose pode comprometer o sistema imune e resultar em declínio na produção e no desempenho desses animais.

Indicações:

Vigantol® ADE é constituído pela associação das vitaminas A, D e E, cujos principais benefícios são:

  • Auxiliar na prevenção de doenças relacionada as hipovitaminoses;
  • Auxiliar na complementação vitamínica (A, D e E), nos casos de carências nutricionais em situações como épocas de seca e escassez de alimentos, que requerem aumento das reservas de vitaminas;
  • Como adjuvante no tratamento anti-helmíntico, provocando uma recuperação mais rápida e efetiva dos efeitos clínicos da verminose em bovinos.

Potencialize os resultados

Para potencializar os resultados, o pecuarista pode optar por utilizar o Vigantol® ADE juntamente ao Trucid®, parasiticida de amplo espectro para bovinos, eficaz contra uma série de vermes que prejudicam a saúde e afetam a produtividade dos rebanhos bovinos.

Ao aliar os dois produtos, é possível obter uma limpeza rápida dos animais e também ganho de peso bastante superior, gerando mais rentabilidade e produtividade para o pecuarista.

CONSULTE SEMPRE UM MÉDICO VETERINÁRIO

Material de referência
Bula do Produto
Estudos Internos
SMITH, B.P. Tratado de Medicina Interna de Grandes Animais – 4ª ed. 2010.

L.BR.MKT.AH.2020-01-07.0740

Fonte: Bula do Produto, Estudos Internos, SMITH, B.P. Tratado de Medicina Interna de Grandes Animais – 4ª ed. 2010.